Dezembro – Daniela Araújo

51

OUVIR MUSICA

Te ouço no silêncio
Quando os teus ruídos eu não entendo
Procuro suas respostas
Mesmo quando não tenho as perguntas certas

A vida é perigo
E a gente corre o risco sem querer
Entre o choro e o riso
A gente não sabe quem vai ganhar ou perder

Fé, e a esperança vem
A esperança vem
Fé, e a esperança vem

Não posso confiar por um segundo
Se penso e repenso tudo num minuto
Mas você tanto me amou
Que colocou a eternidade em meu coração

Toda essa angústia em pertencer
Toda vontade de saber
Todo o sentido de viver
Se resume em você

Fé, e a esperança vem
A esperança vem
Fé, e a esperança vem



Fé, ohh fé
E a esperança vem
A esperança vem

Te ouço no silêncio
Quando os teus ruídos eu não entendo
Procuro suas respostas
Mesmo quando não tenho as perguntas certas

A vida é perigo
E a gente corre o risco sem querer
Entre o choro e o riso
A gente não sabe quem vai ganhar ou perder

Fé, e a esperança vem
A esperança vem
Fé, e a esperança vem

Não posso confiar por um segundo
Se penso e repenso tudo num minuto
Mas você tanto me amou
Que colocou a eternidade em meu coração

Toda essa angústia em pertencer
Toda vontade de saber
Todo o sentido de viver
Se resume em você

Fé, e a esperança vem
A esperança vem
Fé, e a esperança vem

Fé, ohh fé
E a esperança vem
A esperança vem

Dezembro – Daniela Araújo